CAMEAM: Exame de Proficiência em Línguas Estrangeiras

O Departamento de Letras Estrangeiras do Campus Avançado Maria Eliza de Albuquerque Maia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (CAMEAM/UERN), em Pau dos Ferros, torna público o Edital referente ao Exame de Proficiência em Línguas Estrangeiras (Língua Inglesa e Língua Espanhola).
As inscrições podem ser feitas de forma presencial ou por procuração (com firma reconhecida em cartório) no período de 10 de fevereiro a 10 de março, das 7h às 11h e das 19h às 21h, na Secretaria do Departamento de Letras Estrangeiras, no CAMEAM/UERN. Inscrições pelo SEDEX serão aceitas somente com data de postagem até 3 de março.
A taxa de inscrição é de R$ 30, por exame. As provas serão realizadas no dia 16 de março.
Será considerado aprovado no exame o candidato que obtiver nota igual ou superior a 7,0.
Mais informações no EDITAL, disponível aqui.
Acesse a Ficha de Inscrição aqui.
CAMEAM

HISTÓRIA VIVA: "Queto de Anacleto de Silecina"

Por François Silvestre
Passado nos anos, está quase cego. Mas vê distante. Principalmente com os olhos da memória, que não se embaçam nem se perdem nas águas inexistentes da catarata.
Seu nome repete o nome do pai. O que se fez resumir pelo som mais próximo. Anacleto virou Queto, pela dificuldade que tinha sua avó na pronúncia do “éle” depois da consoante. O que seria Cleto é Queto.
E assim ficou: Queto de Anacleto de Silecina. Carregava, portando, no próprio nome, os nomes agregados do pai e da avó.
Mora numa casa quase perdida entre o riacho dos Dormentes e a serra do Bonsucesso. De alvenaria, apenas o quarto de dormir e a cozinha. Corredor e sala, de taipa; latada coberta com palmas de carnaúba.
Fui visitá-lo num Domingo de tarde modorrenta, a esperar as chuvas prometidas pelos meteorologistas. O caminho quase desapareceu. O carro foi deixado na subida da ladeira de Portalegre, no antigo sítio de Rodolfo Mafaldo.
Queto estava quieto, sentado num tôco de quixabeira sob a sombra de sua latada. Usa óculos borrados, mais por hábito do que por serventia.
“Chegue-se mais perto, de longe só vejo pelos ouvidos”. Ao me apresentar, ele levantou-se. “Ora, ora. És vosmicê mermo”? Queto só fala “errado” quando quer. Teve instrução média e leitura boa, por conta de sua convivência com Padre Mário, velho pároco de Portalegre. Anos Cinquenta e Sessenta.
Naquela Matriz Queto era um faz tudo. De manutenção a ajudante de missas. Que ele ainda recita em latim.
Passou a mão no meu rosto e explicou: “Quero ver se ainda usa barba”. Depois, sentou e mandou que eu fizesse o mesmo.
Apoiava-se na bengala alisada pelo tempo, uma vergôntea de mofumbo. Conversamos sobre as “novidades”, que ele ignora. “Nem sei quem é o prefeito, Vosmicê sabe”?
Perguntei sobre a saúde. Ele riu: “A minha ou a do povo”? Quis saber dele. A do povo, ora, que saúde? Ele começou pela idade. “Preste tento. Véi num tem saúde, tem mantença. Ajeita daqui, remenda dali, pra continuar a ilusão da vida”.
Descobri que ele não vai à farmácia. Mantém o mesmo hábito do seu avô materno, que foi “médico” popular. Para problemas de respiração, chá de raiz da ipepaconha. Fortalece os ossos com mastruz no leite. Leite da cria de suas cabras. Quando a urina escasseia, toma infusão de velame com raiz de quebra-pedra.
Na agitação, chá de capim-santo; calmante, que ajuda a dormir. Afina o sangue com a batata de purgar. E chá de canela para controle da pressão. Quando o esôfago se irrita, ao tomar umas biritas, tira a ressaca com chá de fedegoso. Escova os dentes com raspa de juá. Na febre, infusão de eucalipto. Ao ferir-se, tintura de jucá.
Pergunto sobre o tempo. Ele tira os óculos, como se servissem para alguma coisa, e responde: “Meu filho, parece que até as plantas e os bichos se esqueceram do que sabiam”.
Té mais.
François Silvestre é escritor
* Texto originalmente publicado no Novo Jornal.

AUDIÊNCIAS PÚBLICAS: Saúde e Prefeitura prestarão contas amanhã (14-02-17) na Câmara de Vereadores

Excelente oportunidade para a população conhecer detalhes das ações realizadas na saúde e para conhecer a situação fiscal da prefeitura.
A secretaria de Educação deveria fazer exposição semelhante.

Leia:
GABINETE DO PREFEITO
OFÍCIO Nº 048/2017
Portalegre/RN, em 07 de fevereiro de 2017.

Exmo. Sr.
EUCLIDES LUIZ PEREIRA NETO
Presidente da Câmara Municipal
Rua Damião Monteiro nº 14
CEP. 59810-000 – CENTRO – PORTALEGRE - R N

Senhor Presidente,

1. Vimos através do presente, solicitar as instalações (auditório) dessa Câmara Municipal para a realização de Audiência Pública, no dia 14 de fevereiro de 2017, às 10h00min, com o objetivo de Apresentação do "RELATÓRIO DETALHADO DAS AÇÕES DE SAÚDE PÚBLICA" desenvolvidas no Município de Portalegre, através do Sistema Único de Saúde - SUS, no TERCEIRO QUADRIMESTRE DE 2016, conforme dispõe o art. 36, $ 5º, da Lei Complementar nº 141/2012.

2. Convidamos Vossa Excelência e demais vereadores, bem como todos os servidores dessa Casa Legislativa a participarem da Audiência Pública;

3. Informamos que todos os portalegrense serão avisados da realização da Audiência Pública, através de AVISO publicado no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Rio Grande do Norte (WWW.diariomunicipal.com.br/femurn) e afixado no mural na sede da Prefeitura Municipal, sito a Rua Antonio Freitas, 34, Centro, Portalegre/RN.

4. Aproveitamos a oportunidade para reiterar protestos de estima e distinta consideração.

Atenciosamente,

ANA PEDRINA DE LUCENA
Presidente do Fundo Municipal de Saúde de Portalegre

Publicado por:
Código Identificador:521E1E26

Matéria publicada no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Rio Grande do Norte no dia 08/02/2017. Edição 1450
A verificação de autenticidade da matéria pode ser feita informando o código identificador no site:
http://www.diariomunicipal.com.br/femurn/

---------------------------------------------------------------------------------
GABINETE DO PREFEITO
AVISO DE AUDIÊNCIA PÚBLICA (AVALIAÇÃO DO CUMPRIMENTO DAS METAS FISCAIS – TERCEIRO QUADRIMESTRE DE 2016)

O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTALEGRE/RN, Sr. MANOEL DE FREITAS NETO, no uso de suas atribuições legais, TORNA PÚBLICO e convida a comunidade em geral para participar da Audiência Pública, sobre “AVALIAÇÃO DO CUMPRIMENTO DAS METAS FISCAIS”, do Município de Portalegre, referente ao Terceiro Quadrimestre de 2016, em cumprimento ao estabelecido no § 4º do Art. 9º da Lei Complementar nº 101/2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF), a ser realizada no dia 14 de fevereiro de 2017, às 09h00min horas na Câmara Municipal de Vereadores, na Rua Damião Monteiro de Souza nº 14, CEP. 59810-000 – Portalegre - RN

Portalegre/RN, em 07 de fevereiro de 2017.

MANOEL DE FREITAS NETO
Prefeito Municipal

Publicado por:
Código Identificador:25D02E92

Matéria publicada no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Rio Grande do Norte no dia 08/02/2017. Edição 1450
A verificação de autenticidade da matéria pode ser feita informando o código identificador no site:
http://www.diariomunicipal.com.br/femurn/

---------------------------------------------------------------------------------
GABINETE DO PREFEITO
OFÍCIO Nº 047/2017

Portalegre/RN, em 07 de fevereiro de 2017.

Exmo. Sr.
EUCLIDES LUIZ PEREIRA NETO
Presidente da Câmara Municipal
Rua Damião Monteiro nº 14
CEP. 59810-000 – CENTRO – PORTALEGRE - R N

Senhor Presidente,

1. Vimos através do presente, solicitar as instalações (auditório) dessa Câmara Municipal para a realização de Audiência Pública, no dia 14 de fevereiro de 2017, às 09h00min, com o objetivo de Demonstrar e Avaliar o Cumprimento das Metas Fiscais do Município de Portalegre, referente ao Terceiro Quadrimestre de 2016, conforme dispõe o §4º, art. 9º da Lei Complementar nº 101/2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF).

2. Convidamos Vossa Excelência e demais vereadores, bem como todos os servidores dessa Casa Legislativa a participarem da Audiência Pública;

3. Informamos que todos os portalegrense serão avisados da realização da Audiência Pública, através de AVISO publicado no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Rio Grande do Norte
(WWW.diariomunicipal.com.br/femurn) e afixado no mural na sede da Prefeitura Municipal, sito a Rua Antonio Freitas, 34, Centro, Portalegre/RN.

4. Aproveitamos a oportunidade para reiterar protestos de estima e distinta consideração.

Atenciosamente,

MANOEL DE FREITAS NETO
Prefeito Municipal

Publicado por:
Código Identificador:AE349E5E

Matéria publicada no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Rio Grande do Norte no dia 08/02/2017. Edição 1450
A verificação de autenticidade da matéria pode ser feita informando o código identificador no site:
http://www.diariomunicipal.com.br/femurn/

PORTALEGRE: Aquisição de gêneros alimentícios

GABINETE DO PREFEITO
AVISO DE RESULTADO - PREGÃO PRESENCIAL Nº 007/2017 - PROCESSO LICITATÓRIO Nº 000009/17


Objeto: REGISTRO DE PREÇO PARA FUTURA E EVENTUAL AQUISIÇÃO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS PARA PROVIMENTO DAS SECRETARIAS DE EDUCAÇÃO, SAÚDE, E GABINETE DO PREFGEITO; COM O OBJETIVO DE SUPRIR AS NECESSIDADES EM EVENTOS, REUNIÕES E CAMPANHAS DAS REFERIDAS SECRETARIAS. 

REGISTRO POR UM PERÍODO DE 12 MESES, CONFORME AS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DEFINIDAS NO ANEXO I DESTE EDITAL, TERMO DE REFERÊNCIA. 

A Comissão Permanente de Licitação da Prefeitura Municipal de Portalegre/RN torna público para conhecimento dos interessados o resultado da licitação acima descrita. 

Empresas Participantes: ANTONIO GOMES DE AMORIM ME, com endereço na R JOAQUIM CLEMENTE, SN, UMARIZAL/RN, inscrito(a) no CNPJ/MF sob o n.º 11.939.808/0001-55, que sagrou-se vencedor(a) de parte do objeto da licitação, com o valor de R$ 23.227,44(vinte e três mil e duzentos e vinte e sete reais e quarenta e quatro centavos); 

A. CARVALHO ALVES - ME, com endereço na SIT POVOADO BOA VISTA, 91, SEVERIANO MELO/RN, inscrito(a) no CNPJ/MF sob o n.º 19.165.244/0001-52, que sagrou-se vencedor(a) de parte do objeto da licitação, com o valor de R$ 12.575,29(doze mil e quinhentos e setenta e cinco reais e vinte e nove centavos); 

VAREJAO L B LTDA- ME, com endereço na RUA PADRE FREIRE, 455, MOSSORO/RN, inscrito(a) no CNPJ/MF sob o n.º 04.987.374/0001-01, que sagrou-se vencedor(a) de parte do objeto da licitação, com o valor de R$ 9.651,95(nove mil e seiscentos e cinquenta e um reais e noventa e cinco centavos); 

MA DE ARAUJO PANIFICADORA- ME, com endereço na AVENIDA HIPOLITO FIALHO, 287, PORTALEGRE/RN, inscrito(a) no CNPJ/MF sob o n.º 24.785.197/0001-80, que sagrou-se vencedor(a) de parte do objeto da licitação, com o valor de R$ 20.008,65(vinte mil e oito reais e sessenta e cinco centavos); 

Maria Eduarda Gurgel Freitas Rego, com endereço na R Lindalva De Freitas Fialho, 100, PORTALEGRE/RN, inscrito(a) no CNPJ/MF sob o n.º 23.924.320/0001-33, que sagrou-se vencedor(a) de parte do objeto da licitação, com o valor de R$ 6.951,50(seis mil e novecentos e cinquenta e um reais e cinquenta centavos). 

O ítem 030 do Termo de Referência do Edital foi fracassado. 

O processo encontra-se na sala da comissão a vista dos interessados na sede da Prefeitura: Rua Antônio de Freitas, 34 – Centro – CEP 59810-000 – Portalegre/RN: (84) 3377-2196 de segunda a sexta, de 07h00min as 12h00min e de 13h00min as 16h00min.

PORTALEGRE/RN, 09 de fevereiro de 2017.

MISÉRIA EM 2017: No Brasil número de pessoas vivendo abaixo da linha da pobreza deve crescer entre 2,5 milhões e 3,6 milhões

O número de pessoas vivendo abaixo da linha da pobreza deve crescer entre 2,5 milhões e 3,6 milhões em 2017, segundo estudo do Banco Mundial. As informações são do jornal O Globo. A projeção considerou dois cenários possíveis para a economia do país e leva em conta a quantidade de pessoas que estavam acima do patamar de pobreza em 2015, mas que estarão abaixo dele até o final deste ano. Segundo a instituição, parte desse efeito pode ser amenizado pelo aumento do valor destinado ao Bolsa Família.

No cenário mais otimista projetado pelo Banco Mundial, o PIB teria retração de 3,4% em 2016 e avanço 0,5% em 2017, e o desemprego registraria 11,2% e 11,8% nesses anos. No mais pessimista, a variação do PIB seria de -3,7% (2016) e -1% (2017), e a desocupação de 11,2% e 13,3%, respectivamente.

A última previsão do Boletim Focus para 2016, publicada em janeiro indicava retração de 3,49% em 2016, e a estimativa mais recente para 2017, divulgada nesta segunda-feira, indica alta de 0,49%. O Focus reúne as apostas de economistas de mercado consultados pelo Banco Central do Brasil. O nível de desemprego atingiu 12% em janeiro, segundo o dado mais recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o Banco Mundial, o total de pessoas vivendo abaixo da linha da pobreza deve variar entre 19,8 milhões e 20,9 milhões ao final de 2017. Destes, a quantidade de pessoas vivendo na extrema pobreza (com menos de 1,90 dólar, ou 5,91 reais, por dia), seria de 8,5 milhões a 9,4 milhões.

Em média, o chefe de família do grupo chamado de “novos pobres” tem 37,9 anos, e a maioria é branco (33,5%) e tem pelo menos o ensino médio completo (38,2%) e mora em área urbana (cerca de 90%). Esse perfil é diferente daqueles que já eram considerados pobres em 2015,  com média de 41 anos, menos escolaridade (apenas 17,5% com pelo menos o ensino médio) e cuja participação de moradores da área rural era maior (36%).

Por causa da diferença desses dois perfis, o estudo do Banco Mundial indica que o aumento dos repasses ao programa Bolsa Família faria com que a taxa de pobreza fique mais próxima a níveis de 2015 (3,4% da população). O Orçamento Federal prevê gastos de 29,77 bilhões em 2017 e, se mantido o patamar, faria a taxa avançar para entre 4,2% e 4,6% da população. Se o governo aumentar o valor total para 30,4 bilhões de reais a 31 bilhões de reais, a quantidade de pessoas abaixo da linha da pobreza ficaria entre 3,5% e 3,6%, estima a instituição.

Veja

PORTALEGRE: Proteção do patrimônio cultural e ambiental

Durante o final de semana conversei com alguns amigos sobre assuntos interessantes: a proteção do patrimônio histórico e cultural de nossa serra e a preservação ambiental.

A conversa sobre a história e a cultura se encaminhou para uma situação que, salvo melhor juízo, não mereceu maiores atenções por parte do poder público.

Faz algum tempo que foi encontrada uma ossada durante a construção de uma casa ao lado da igreja local. O ITEP foi chamado e fez a retirada da provável ossada humana (não foi possível saber o destino do material coletado pelo órgão e nem se algum estudo minucioso foi realizado).

O que chamou à atenção de alguns foi que além da ossada foram localizados objetos similares a utensílios de barro e pedaços de tecidos de renda. O material não interessou a nenhuma autoridade municipal e se encontra com o cidadão que teve o cuidado de recolher o material.

PODERIA SER UM SÍTIO ARQUELÓGICO? É provável.

Sobre a proteção do meio ambiente a conversa foi sobre a passividade das autoridades, especialmente as locais, com a destruição dos poucos resquícios de mata nativa do município, especialmente a "mata da bica". 

Meu interlocutor (nome preservado) pontuou dois aspectos: a abertura de uma 'estrada' ligando a Rua Nova a fonte da Bica e o 'abate' de animais nas proximidades dos mirantes.


A imagem acima foi capturada através do Google Earth e revela a proximidade da 'estrada' com a fonte da Bica.

Sobre o provável abate clandestino de animais nas proximidades dos mirantes estarrece a provável destinação das carnes ao consumo da população local, além de, evidentemente, resultar na degradação da área utilizada para a realização de tal prática.

Os riscos são significativos, inclusive para os supostos responsáveis por tais abates clandestinos, uma vez que o manuseio de carnes em locais inadequados coloca em risco de contaminação os responsáveis diretos e os consumidores dos produtos.

O caso remete a falta de Abatedouro Público no município.

Mais:

PORTALEGRE: CADÊ O MATADOURO PÚBLICO?

LOBÃO: DO 'SARNEYQUISTÃO' PARA A PRESIDÊNCIA DA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA DO SENADO

Elza Fiuza/ABr
De todos os reincidentes horrores da política brasileira, o pior é o descaso dos políticos com a opinião pública. Esse descaso persiste desde a chegada das caravelas. Dura tanto tempo porque, no fundo, reflete o que a oligarquia política do país pensa de si mesma e da sociedade. Os aligargas avaliam que, acima de um certo nível de poder e renda, ninguém deve nada. Muito menos explicações a quem quer que seja.
Encrencado na Lava Jato, Edison Lobão foi eleito nesta quarta-feira presidente do mais prestigioso colegiado do Senado: a Comissão de Constituição e Justiça. Chegou ao posto empurrado pelo réu Renan Calheiros e por José Sarney, pai de Roseana Sarney, também encrencada na Lava Jato. Do alto do novo posto, Lobão presidirá a sabatina de Alexandre de Moraes, o tucano que seu correlegionário Michel Temer indicou para o Supremo Tribunal Federal.
Lobão presidirá também a sabatina do substituto do procurador-geral da República Rodrigo Janot, cujo mandato à frente da chefia do Ministério Público e das investigações da Lava Jato expira em setembro.
Um descaso como Lobão só presidirá a comissão mais importante do Senado porque é impossível para a oligarquia que dá as cartas no país desde Cabral —o Pedro Álvares, não o Sérgio— imaginar que deve respeito e consideração à subcivilização que financia a bilheteria do circo. A única maneira de interromper esse espetáculo grotesco é acabar com o foro privilegiado e caprichar nas sentenças.
BLOG DO JOSIAS
---------------------------------------------------------------------------------
Não existe qualquer perspectiva do Brasil se tornar um país 'sério' e desenvolvido. A 'classe política' é de republiqueta de banana...

CAMEAM: Publicação da tese do professor Doutor Carlos Magno Viana Fonseca. Homenagem justíssima!


O Campus de Pau dos Ferros comunica a publicação de um livro, fruto da Tese de Doutorado do professor Doutor Carlos Magno Viana Fonseca (In memorian).
A Tese/Livro é uma marca histórica e uma homenagem para o Carlos Magno, para a área de Letras e para todos de Pau dos Ferros, na medida em que o professor Carlos Magno foi brutalmente assassinado dias antes da defesa de sua Tese de Doutorado. Seu trabalho não foi assassinado junto com seu autor. Está vivo e produzirá muitos frutos.
O livro é intitulado Uma abordagem retórico-argumentativa para as não coincidências do dizer, e sua edição foi pelas Edições UERN.
O livro, em formato digital, está disponível no Sítio do Departamento de Letras Estrangeiras (DLE) no endereço www.uern.br/dle do Campus da UERN, em Pau dos Ferros/RN, no link:
Acesse o conteúdo aqui.
O falecimento do professor Carlos Magno comoveu a região do Alto-Oeste Potiguar, no ano de 2011, pela forma brutal como foi assassinado. O professor era um grande estudioso na área da Linguística, com ênfase em retórica e heterogeneidade discursiva.
A publicação de sua tese em livro coroa o esforço de um grupo de colegas professores, que sabendo da alta qualidade do trabalho, levaram a cabo a sua publicação. Entre eles, merece destaque a professora doutora Mônica Cavalcante Magalhães, da UFC, orientadora da Tese de Doutorado do professor Carlos Magno.
BLOG DO JP

NOVA 'LEI DA CHIBATA'? REFORMA TRABALHISTA TERÁ RELATOR POTIGUAR...

Nota do renomado potiguar Gaudêncio Torquato sobre a relatoria da 'reforma trabalhista':

Rogério Marinho
O deputado Rogério Marinho, do PSDB/RN, foi escolhido pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, relator do projeto encaminhado pelo governo para modernizar a legislação trabalhista. O parlamentar tem um grande desafio pela frente. Fazer o país avançar e quebrar os elos que o mantém atrelado à carroça do passado. Marinho pensa em puxar o PL 4.302, que trata da Terceirização e do Trabalho Temporário, para integrar o corpo da tarefa que lhe cabe como relator. Trata-se de um dos mais qualificados e respeitados membros do Parlamento Nacional. O Brasil estará antenado ao esforço do deputado.
------------------------------------------------------------------------------
A 'modernização da legislação' é sempre necessária. Não é diferente com as leis trabalhistas, porém o tema merece amplo debate, espíritos desarmados e negociação com os segmentos que representam os trabalhadores.
No geral, as opiniões do tucano são totalmente contrárias aos interesses dos trabalhadores. 'Ao capital tudo e aos trabalhadores os rigores da lei' parece ser o lema do deputado. Aliás, não fico surpreso.
Fico imaginando o nível e a respeitabilidade do parlamento brasileiro... As pesquisas de opinião e as manifestações espontâneas nas redes sociais dão conta do quadro!
Mais:

PRIVATIZAÇÃO DA UERN: OS LOBOS ABANDONARAM OS 'DISFARCES' DE INOFENSIVOS 'CORDEIRINHOS'?

CODERN: R$ 10 MILHÕES PARA PORTO-ILHA. Reforma e ampliação do PAC 2 custou R$ 270

Leia:
Após dois anos em obras, o Porto-Ilha duplicou a capacidade de armazenamento, ampliou a área de cais em quase 100 metros, o que possibilita o atracamento de até duas embarcações por vez para descarregamento, além de ter potencializado o transbordo de navios cargueiros, transportando para os porões de tais embarcações, até 2.500 toneladas de sal por hora. 

A reforma custou R$ 270 milhões e foi financiada pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). “Após a duplicação do Porto-Ilha, foi possível ampliar a capacidade de exportação do sal, o que representará um grande impulso para a economia do Rio Grande do Norte”, afirma o presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern), Pedro Terceiro de Melo.

Mais:

RN: PRODUÇÃO DE SAL QUADRUPLICOU EM 2013


Leia:
Os 10 milhões para garantir obras do Porto Ilha, anunciados pelo ministro dos Transportes, Maurício Quintella ao deputado federal Beto Rosado (PP), nesta quarta-feira, é na realidade a emenda do senador José Agripino Maia (DEM) incluída no orçamento de 2017.

Foi o que informou o senador ao diretor da Codern, Emerson Fernandes, no dia 16 de dezembro passado.

Atendendo pleito da Codern, que administra o Porto Ilha, Agripino recorreu ao relator do Orçamento 2017, senador Eduardo Braga (PMDB-AM), numa reunião que também participou o presidente da Comissão Mista de Orçamento, deputado federal Arthur Lira (PP-AL), e onde foi incluída a emenda de 10 milhões para obras de manutenção do Terminal Salineiro de Areia Branca

O pedido de Emerson Fernandes a Agripino foi feito no dia 9 de novembro, em Brasília.

“Fomos à Brasília tratar naquele momento especificamente dos problemas estruturais que atingem o Terminal Salineiro de Areia Branca, equipamento fundamental não só para o Rio Grande do Norte, mas para o Brasil. Nele passa 95% do sal produzido no país e contribui para a geração de 25 mil empregos diretos e indiretos no Rio Grande do Norte, através da indústria do sal”, justificou Emerson Fernandes após receber a informação que a emenda fora incluída no orçamento.

blog Thaisa Galvão