TECNOLOGIA ALTERNATIVA: BARRAGEM SUBTERRÂNEA

22/07/2016

Barragens subterrâneas e resgate de solo aliviam efeitos da seca no RN

Projetos da Emater ajudam o sertanejo a conviver com estiagem prolongada.
Regiões Oeste e Seridó possuem exemplos de ações bem-sucedidas.

Anderson Barbosa e Fred Carvalho
Do G1 RN

Em Jardim do Seridó, projeto de barragem subterrânea já começa a dar os primeiros frutos (Foto: Anderson Barbosa e Fred Carvalho/G1)
Em Jardim do Seridó, projeto de barragem subterrânea já começa a dar os primeiros frutos (Foto: Anderson Barbosa e Fred Carvalho/G1)
O quinto ano seguido de poucas chuvas no Rio Grande do Norte – já considerada a estiagem prolongada mais severa da história do estado – não deixa alternativa para o sertanejo: ou abandona a terra ou aprende a conviver com a seca. No estado, a Emater (Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural) vem desenvolvendo projetos que estão ajudando o pequeno agricultor a suportar os efeitos da escassez de água. A construção de barragens subterrâneas e o trabalho de recuperação de solos degradados são dois exemplos.




0 Response to "TECNOLOGIA ALTERNATIVA: BARRAGEM SUBTERRÂNEA"

Postar um comentário