GILMAR, O BOQUIRROTO...

O que se espera de um ministro da mais alta corte do judiciário brasileiro? Sobriedade, comedimento, educação... Atributos inexistentes em GILMAR MENDES. Infelizmente para o cidadão brasileiro parece que as qualidades do cidadão são raras.

A 'qualidade' que mais tem aparecido no noticiário sobre o cidadão é que tem muitos amigos políticos. 

Aécio Neves pediu (que pedido, hein?) ao ministro para convencer outro senador do PSDB a mudar o voto num projeto de interesse do senador mineiro;

Ontem à noite se encontrou com Temer fora da agenda do presidente, segundo o ministro, para tratar de reforma política (num domingo à noite?);

Também é apontado como amigo de Silval Barbosa (ex governador de Mato Grosso). O ex foi preso várias vezes por corrupção, negociou uma delação e assumiu ser corrupto;

Mas...

Outra característica do ministro vem chamando à atenção: o 'homi' fala demais, todo dia 'comenta' um assunto diferente... A penúltima foi dizer numa rádio que o atual Procurador Geral da República "é o mais desqualificado da história". Isso é coisa que se diga?

Eita país sem sorte com 'excelências'!!!

Leia:
O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, elevou o timbre de seus ataques ao chefe do Ministério Público Federal. Disse que Rodrigo Janot é “o procurador-geral mais desqualificado que já passou pela história da Procuradoria, porque ele não tem condições, na verdade, não tem preparo jurídico nem emocional para dirigir algum órgão dessa importância.''
Gilmar atacou Janot em entrevista à Rádio Gaúcha (ouça no rodapé), na manhã desta segunda-feira. Na noite da véspera, o ministro jantara no Jaburu com Michel Temer, de quem é amigo e conselheiro. Presidente do TSE, Gilmar disse ter trocado ideias com o inquilino do palácio residencial sobre reforma política. E sentiu-se à vontade para desancar a colaboração judicial da JBS, usada por Janot para flechar Temer.
Gilmar declarou ter “absoluta certeza” de que o acordo de delação da JBS será revisto. “Como agora a Polícia Federal acaba de pedir a reavaliação do caso do Sérgio Machado, que é um desses casos escandalosos de acordo. Certamente vai ser suscitado em algum processo e será reavaliado.'' Janot ainda não se manifestou.
Considerando-se que o polêmico acordo com a JBS foi homologado pelo relator da Java Jato, Edson Fachin, e referendado pela maioria do plenário do Supremo, pode-se intuir que Gilmar, jurisconsulto de mostruário, considera que alguns de seus colegas são os piores magistrados da história da Suprema Corte. O que pode levar outros ministros a concluírem que falta preparo jurídico e emocional a Gilmar.
Os ataques de Gilmar recrudescem no instante em que Janot prepara uma segunda denúncia contra Temer e o presidente discute com seus advogados a hipótese de arguir a suspeição do procurador-geral, acusando-o de agir com propósitos políticos. A despeito da atmosfera conflagrada, Gilmar dá de ombros para o pedaço da imprensa que estranha sua proximidade com o acusado Temer: ''Criaram essa psicose em torno dos encontros com o presidente da República, isso é uma bobagem'', disse.
Blog do Josias

0 Response to "GILMAR, O BOQUIRROTO..."

Postar um comentário