CONVIVÊNCIA SUSTENTÁVEL COM O SEMIÁRIDO: ALTERNATIVAS PARA O DESENVOLVIMENTO EM MOSSORÓ

O presente estudo partirá da pertinência de compatibilizar o desenvolvimento do semiárido nordestino com suas potencialidades, através da destinação de políticas públicas eficazes à fomentar a região. Sendo assim, o recorte espacial do presente estudo será o município de Mossoró, no período compreendido de 2000 a 2010. 

O objetivo geral é analisar o desenvolvimento socioeconômico de Mossoró e seu rebatimento na dimensão ambiental, a partir da compreensão do conceito de convivência sustentável. 

Este trabalho, portanto, parte da ideia defendida por Furtado (1959; 1974; 1984), o qual ressalta que o problema central do semiárido não se encontra no ano de seca, mas no ano bom, visto que nesse ano se formaria a “Indústria da seca”, que consistiria no enriquecimento dos coronéis nordestinos. Ademais, o autor tira o enfoque no combate à seca para a prioridade de fomentar a economia no semiárido.

0 Response to "CONVIVÊNCIA SUSTENTÁVEL COM O SEMIÁRIDO: ALTERNATIVAS PARA O DESENVOLVIMENTO EM MOSSORÓ"

Postar um comentário