Sucessão nas Fazendas Familiares: problemas e desafios


Walber Machado de Oliveira e José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho, Brasília, abril de 2018  


As fazendas familiares – pequenas, médias ou grandes – continuam sendo a unidade de produção largamente predominante na agricultura mundial. Este texto para discussão propõe o exame do processo de sucessão nestes empreendimentos, por meio do qual os conhecimentos acumulados na gestão e os ativos do negócio são transmitidos de geração a geração. Discute-se o entrelaçamento dos objetivos da família aos objetivos do negócio e destaca-se o caráter processual da transição geracional. São apontados aspectos críticos para seu transcorrer, tais como a importância da análise da viabilidade econômico-financeira do negócio e a comunicação acerca de temas como a distribuição justa ou equânime dos ativos.

Palavras-chave: fazendas familiares; sucessão; gestão; agronegócio.

Family farms – whether small, medium-sized or large – remain as the largely predominant unit of production in agriculture throughout the world. This work examines the succession process in such entrepreneurships, through which the accumulated knowledge in management and the business assets are transmitted from generation to generation. The interlacing between family and business objectives is discussed, as well as the processual feature of the intergenerational transition. Critical aspects pertaining to its unfolding are pointed out, such as the importance of an analysis of the business financial and economical viability and the communication over themes like the fairness or equanimity in the distribution of assets.

Keywords: family farms; succession; management; agribusiness.



IPEA

0 Response to "Sucessão nas Fazendas Familiares: problemas e desafios"

Postar um comentário