CPI do futebol: torço por uma goleada na corrupção. mais uma vez: Vamos lá "Baixinho"...

O Senador Romário conseguiu reunir mais de 50 assinaturas para criação da CPI do futebol. Espera-se que a investigação consiga desmontar os inúmeros esquemas de corrupção.

O ex-presidente da CBF foi preso na Suíça e para azar dele será extraditado para os EUA. Ficará muito tempo preso por lá. Outro ex, Ricardo Teixeira, que morava também nos EUA já correu para o Brasil. O atual presidente da CBF, Marco Polo, que estava na Suíça se escafedeu de lá. Nem esperou para votar amanhã na eleição do presidente da FIFA. Deve ter enfiado a viola no saco e voltado para o Brasil.

Por aqui, os dois e os demais que por ventura tenham alguma culpa no cartório, terão vida mais tranquila e maior margem para se safarem dos imbróglios que possam ter se metido.

Não são poucos e nem se deve pensar que os esquemas não envolvam desvios de recursos públicos. Política e futebol andam de mãos dadas em várias circunstâncias.

Relembre.

Quando o país foi escolhido para sediar a copa do mundo, ouviu-se que os estádios seriam erguidos, preferencialmente, com recursos privados (90% privados e até 10% públicos) e que o país teria um importante legado pós copa.

Foi a copa mais rentável para a FIFA.

A CBF nunca faturou tanto com publicidade.

As obras públicas do tal legado se constituíram em excelentes oportunidades para as grandes empreiteiras.

As obras públicas do tal legado se constituíram em excelentes oportunidades para vários gestores públicos.

Os estádios que foram construídos quase que integralmente com recursos públicos se constituíram, em muitos casos, em verdadeiros elefantes brancos para os combalidos cofres públicos de diversas sedes.

A apuração da CPI, caso avance para analisar as obras nos estádios, poderá aclarar a simbiose (provável) entre os interesses, não republicanos, entre duas paixões nacionais: futebol e política.

A oportunidade é excelente: temos um artilheiro que conhece o futebol por dentro, o atacante-senador, Romário. Temos uma base sólida para o desenvolvimento de um bom trabalho, refiro-me a apuração criteriosa e isenta realizada pelo FBI. Temos um ambiente propício na sociedade, ou seja, avesso as práticas corruptas.

Tudo para fazer um bom trabalho.

De outro lado, tem-se a bancada de políticos ligada a CBF e federações e os defensores dos corruptos beneficiados nas prováveis falcatruas com recursos públicos direcionados para as obras da copa.

Dentro do campo nossa seleção levou duas sonoras goleadas: Brasil 1 x 7 Alemanha e Brasil 0 x 3 Holanda. Torço por uma goleada na corrupção.

Vamos lá "Baixinho"...

0 Response to "CPI do futebol: torço por uma goleada na corrupção. mais uma vez: Vamos lá "Baixinho"..."

Postar um comentário