promessas, mentiras, enganações e lorotas ditas nas campanhas... vale tudo para se chegar ao poder?

Veja o levantamento feito pela Folha de S. Paulo e publicada na edição de hoje:

Luiz Fernando Pezão (PMDB-RJ)
27.ago.14: “Não vai ter aumento do IPVA [...] Eu não vou ser irresponsável de prometer o que não vou poder cumprir”
2.out.15: Pezão sanciona aumento de IPVA, que começa a valer em 2016.
*
José Ivo Sartori (PMDB-RS)
15.out.14: “Absolutamente não [pretendo aumentar imposto]. Temos que ter crescimento para melhorar a receita do Estado”
23.set.15: Em meio a protestos, deputados aprovam aumento de ICMS a pedido do peemedebista.
*
Rodrigo Rollemberg (PSB-DF)
Vídeo no Whatsapp: “Dizem que vou reduzir o número de vigilantes, brigadistas, de servidores terceirizados. Estão mentindo”
2.jan.15: Governador anuncia uma série de corte de custos e congela renovação de contratos de terceirizados.

*
Paulo Câmara (PSB-PE)
Propaganda eleitoral: “A R$ 2,15, o Bilhete Único e a Tarifa Única é para o transporte avançar”
11.jan.15: Principal passagem passa a custar R$ 2,45 na Grande Recife.
*
Marconi Perillo (PSDB-GO)
19.ago.14: “Os goianos não vão perder a Celg [Companhia de eletricidade de Goiás]”
13.mai.15: A distribuidora Celg é incluída no Programa Nacional de Desestatização.
*
Robinson Faria (PSD-RN)1º.set.14: “Na nossa gestão não iremos aumentar imposto. Iremos ampliar a capacidade de investimento do RN”.
23.set.15: Governo envia pacote com aumento de tributos para ser votado na Assembleia Legislativa.
*
Fernando Pimentel (PT-MG)
1º.out.14: “Vamos reduzir o ICMS da energia elétrica”
2.out.15: Aumento do ICMS sobre energia de comércios e serviços é sancionado.

via blog de Thaisa
--------------------------------------------------------------------------------
Nem precisa dizer, mas a atual presidente é um exemplo de que o que se diz em campanha não merece crédito e pelo visto tem servido de 'modelo' para muitos.

Tais figuras apostam na amnésia dos eleitores para em novas eleições subirem em palanques e se apresentarem em propagandas políticas para fazerem exatamente o que sempre fizeram em suas carreiras.

Uma homenagem:

0 Response to "promessas, mentiras, enganações e lorotas ditas nas campanhas... vale tudo para se chegar ao poder? "

Postar um comentário