SITUAÇÃO ATUAL E ALTERNATIVAS PARA EXPANSÃO DA CAJUCULTURA NO RIO GRANDE DO NORTE

Dentre os estados produtores, o Rio Grande do Norte foi, na safra de 1990191, responsável por 23,3% e 21,0% da produção regional e área colhida, respectivamente. Apesar de exercer importância na cajucultura nordestina, até meados de 80, o cajueiro, neste Estado, era explorado de maneira extrativista. A sua expansão só ocorreu a partir de 1988, quando os cajueiros plantados com auxílio dos incentivos fiscais iniciaram a produção. 

Estrutura Fundiária das Principais Regiões Produtoras 
A alta concentração de terra no estado do Rio Grande do Norte pode ser verificada por meio da análise dos censos b realizados. De acordo com o Censo Agropecuário existiam, em 1985, 115.736 estabelecimentos. Destes, 87% tinham uma área total inferior a 50 hectares e ocupavam 18% da área total (IBGE, 1991). Os estabelecimentos com mais de 500 hectares representavam 2% do total e ocupavam 42% da área total. 

Mais AQUI

Documento de 1993

0 Response to "SITUAÇÃO ATUAL E ALTERNATIVAS PARA EXPANSÃO DA CAJUCULTURA NO RIO GRANDE DO NORTE "

Postar um comentário