AGRICULTURA FAMILIAR NO CENÁRIO MESORREGIONAL: UM NOVO CONTEXTO AGRÍCOLA NO DESENVOLVIMENTO RURAL

RESUMO 

Este artigo tem por objetivo discutir a importância da política pública federal voltada ao fomento do processo de desenvolvimento das Mesorregiões Diferenciadas, numa nova configuração do espaço rural, especialmente o caso da Mesorregião Grande Fronteira do Mercosul [MESOMERCOSUL]. 

Problematizam-se o fato de que o estado tem o papel de regular e fomentar políticas públicas de desenvolvimento, tais como as voltadas ao setor agrícola, especialmente a agricultura familiar. 

A pesquisa foi baseada em um estudo de caso descritivo, realizado por meio de um levantamento documental e jornalístico dos projetos desenvolvidos no período entre 2001 e 2006, além da coleta de dados estatísticos e pesquisa de campo. 

As técnicas utilizadas são a pesquisa bibliográfico-documental e a pesquisa quantitativa. Os resultados indicam que a consolidação da MESOMERCOSUL possibilita elevar a autonomia regional, o que, por sua vez, possibilita alternativas que promovem a sua sustentabilidade, por meio da organização do poder público e da sociedade civil. 

Além disso, contribui para o processo de desenvolvimento de “espaços”, tanto essencialmente como relativamente “rurais”, possibilitando a consolidação de alternativas de desenvolvimento no longo prazo.

0 Response to "AGRICULTURA FAMILIAR NO CENÁRIO MESORREGIONAL: UM NOVO CONTEXTO AGRÍCOLA NO DESENVOLVIMENTO RURAL"

Postar um comentário