CAGED: EM QUATRO MESES NORDESTE PERDEU 119.234 EMPREGOS. RN PERDEU 6.300 POSTOS

O desemprego no Rio Grande do Norte está em alta. É o que apontam dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho divulgados na última sexta-feira (22).

O levantamento mostra que o Estado potiguar acumula a perda de 6.300 postos de trabalho em quatro meses deste ano. Segundo os dados do Caged, no mês passado foram perdidos 1.345 empregos celetistas, equivalentes à retração de 0,30% em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada do mês anterior.

O balanço detalha ainda que esse comportamento resultou na redução do emprego do Comércio (-560 postos) e da Construção Civil (-513 postos). Ainda de acordo com as estatísticas quando comparados os meses de abril entre os anos de 2003 e 2015, o de 2004 lidera a evolução do emprego formal no RN, com 2.784 registros.

Já o mês de abril de 2009 aparece em último lugar, com saldo negativo de 2.627. E abril do ano passado figura com saldo de 482 postos de trabalho. Referente aos registros de abril deste ano, o único setor que aparece com número positivo é o serviços, com 314.


No ranking do comportamento de empregos em abril de 2015 nos 16 municípios potiguares com mais de 30 mil habitantes, São Gonçalo do Amarante lidera com saldo de 62. Mossoró figura na 15.ª posição, com saldo negativo de 299 empregos; sendo 1.985 admissões e 2.284 desligamentos.


E Natal aparece na última colocação, com -846, o que corresponde a 6.880 contratações e 7.726 demissões.  Entre os estados do Nordeste, Pernambuco lidera com a perda de 56.406 postos de trabalho entre janeiro e abril deste ano; seguido por Alagoas (15.434); Ceará (11.378); Paraíba (10.495); Bahia (9.908); Maranhão (7.746); RN (6.300); e Sergipe (2.139). Na região, apenas o Piauí registrou ganho de empregos celetistas (572 postos).


JORNAL DE FATO

0 Response to "CAGED: EM QUATRO MESES NORDESTE PERDEU 119.234 EMPREGOS. RN PERDEU 6.300 POSTOS"

Postar um comentário