PORTALEGRE: Cenário político - A chapa da situação

Análises menos adocicadas sugerem que Neto trabalhará com afinco para eleger seu indicado para a disputa eleitoral. O provável candidato de Neto da EMATER é Eglimar Pereira (PMDB), filho do ex-prefeito Euclides Pereira. 

"Galego", como é mais conhecido, afastou-se da Chefia de Gabinete e da presidência da Comissão Permanente de Licitação (CPL) em tempo hábil para ser o candidato do grupo que comanda a prefeitura de Portalegre há 20 anos.

A longa aliança política entre Neto e Euclides já enfrentou diversas turbulências, mas as divergências, até o momento, não produziram efeitos colaterais relevantes, contudo, tem-se que reconhecer o ineditismo da situação.

Disse-me um atento observador que Neto lançará a candidatura a reeleição, mesmo sabendo da enorme dificuldade jurídica, e apresentará "Galego" como vice. Em tal perspectiva a estratégia permitiria o total empenho do atual prefeito e, de quebra, asseguraria maior visibilidade política ao 'vice'.

Com uma decisão judicial desfavorável a candidatura de Neto o 'vice' assumiria a cabeça da chapa e a indicação de vice na nova chapa seria, provavelmente, alguém da família de Neto. Em tal cenário, em caso de vitória, "Galego" não disputaria a reeleição, pois existiria compromisso para apoiar o retorno de Neto em 2020.

Perguntei ao amigo com quem conversei qual seria a posição do atual vice prefeito Edson do Sindicato em tal orquestração? Disse-me que poderá disputar a eleição para vereador e com a mudança na chapa de prefeito (Galego assumindo a cabeça) poderia ocorrer o seguinte: Ecimar Pereira (atual vereador e irmão de Galego) poderá abrir mão da disputa e ajudar o atual vice prefeito a conquistar uma vaga na Câmara ou Dorinha (atual vereadora e cunhada de Neto) ser indicada como vice de Galego e abrir espaço para Edson na disputa por uma cadeira de vereador.


Da direita para à esquerda: Galego, Nilton Figueiredo, Veralucia Lopes, Euclides Pereira, Edson do Sindicato, Gustavo Fernandes (em pé), Neto da EMATER, Dorinha, Avelino, Ecimar Pereira.

Em outras postagens tratarei de dois assuntos antigos que voltarão com força em caso de confirmação das candidaturas de Galego e Careca: a construção de casas e o hospital abandonado. Também tratarei do aspecto histórico da provável disputa política. 

Leia também: 

PORTALEGRE: CENÁRIO POLÍTICO - "BALÃO DE ENSAIO"

0 Response to "PORTALEGRE: Cenário político - A chapa da situação"

Postar um comentário