Complexidade de uma urbanização periférica

Resumo: 

Esta tese enfatiza diferentes aspectos do desenvolvimento econômico e de urbanização periférica, investigando em graus variáveis de profundidade o que há de geral e específico na experiência do estado do Rio Grande do Norte. Isso através de uma perspectiva histórica especializada e numa concepção metodológica integrativa da economia rural e urbana que entende o processo de urbanização como resultante de reestruturação das relações entre o campo e a cidade. 

Inspirada no marco teórico sobre o qual se alicerça o conceito atualizado de heterogeneidade estrutural, constata que o caráter disperso e atomizado da urbanização da periferia deve-se aos seus diferentes ritmos e estruturas tanto por força de seu passado histórico quanto por suas distintas formas de engajamento no processo de industrialização e de integração do mercado nacional

Destaca que os principais problemas atinentes à questão regional e à urbanização apresentam forte interdependência entre si com a questão agrária e com a atuação do Estado na Região Nordeste.

0 Response to "Complexidade de uma urbanização periférica"

Postar um comentário